Deputado cobra mais policiamento para o município do Pilar

O deputado estadual Dudu Hollanda (PMN), durante sessão plenária realizada na tarde desta quarta-feira (08), utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa de Alagoas para cobrar do Governo do Estado reforço do policiamento no município do Pilar, distante apenas 42 quilômetros de Maceió.

Na oportunidade, o deputado destacou ter presenciado disparos de arma de fogo naquele município, na noite do último domingo (05), por ocasião da abertura oficial dos festejos de São João. Segundo ele, são apenas quatro policiais para ofertar segurança a cerca de 40 mil habitantes, realidade que, conforme relato do deputado, se estenderia a outros municípios do interior.

“Estava naquele município quando um indivíduo disparou aleatoriamente, pondo em risco a vida de várias pessoas. Liguei de imediato para o Comando de Policiamento da Capital e fui prontamente atendido. O capitão de plantão localizou duas viaturas, encaminhando-as para o município, quando o acusado já havia foragido. O tráfico de drogas infelizmente ganhou força na região, contribuindo assim para com o aumento da criminalidade”, comentou o deputado, louvando a decisão de magistrado que determinou o fechamento de bares, restaurantes e demais estabelecimentos comerciais instalados na cidade a partir das 23 horas, adotando o chamado toque de recolher.

“Foi uma decisão sábia, devido à escalada da violência. Mas encaminharei um ofício ao comandante de policiamento da capital, coronel Luciano Silva, para que se aumente o efetivo de policiais no Pilar, haja vista que o município receberá, no próximo dia trinta, o casamento matuto, um evento ainda maior e que por isso necessitará de atenção no que diz respeito à segurança. É preciso que aja uma ação preventiva”, reforçou o deputado, comungando do pensamento do colega deputado Ronaldo Medeiros (PT), que afirmou que irá requerer ao comando da Polícia Militar um levantamento acerca do quantitativo de militares em cada município alagoano. “Na verdade precisamos ouvir, em sessão pública, a cúpula da Segurança Pública como um todo, a fim de possamos dar respostas à sociedade”, complementou Dudu Hollanda.

Em aparte, o deputado Ricardo Nezinho (PTdoB), disse que os moradores de Arapiraca também enfrentam o mesmo problema. “Hoje temos cerca de quinhentos policiais para atender a quase 600 mil pessoas, já que as ações do terceiro batalhão abrangem outros municípios da região circunvizinha”, afirmou o deputado, tendo sido complementado pelo deputado Jeferson Moraes (DEM), externando sua dúvida sobre se as câmeras de vídeo instaladas no Pilar estariam de fato funcionando.

“O problema requer ainda mais empenho do governo estadual. A Força Nacional, por exemplo, lá esteve e nada resolveu”, recordou Moraes.

Recadastramento biométrico

Ainda na sessão desta quarta-feira, o deputado Dudu Hollanda sugeriu ao colega deputado Joãozinho Pereira (PSDB) que o Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL) realize uma campanha de esclarecimento junto à população em geral acerca do processo de recadastramento biométrico para as eleições municipais do próximo ano.

O pronunciamento foi em virtude de Joãozinho Pereira ter externado sua preocupação para com o transporte do homem do campo para os locais em que se dará o recadastramento biométrico.

“Esta dificuldade não diz respeito apenas aos municípios do interior. Não vejo uma convocação popular para o recadastramento. Em Maceió, a dificuldade também é muito grande, a começar pelo despertar de interesse junto ao eleitor. Por isso, o TRE precisa fazer uma campanha, solicitando, por exemplo, o apoio do Tribunal de Justiça, por meio do programa Justiça Itinerante”, comentou o deputado, acrescentando que estará mantendo contato com o presidente do TRE, desembargador Orlando Manso, a quem encaminhará a sugestão.

Lombada eletrônica

Também nesta quarta-feira, a Assembleia Legislativa aprovou, à unanimidade dos votos dos 18 deputados presentes, requerimento de autoria do deputado Dudu Hollanda, por meio do qual solicita ao Governo do Estado a implantação de uma lombada eletrônica na Avenida Fernando Afonso Collor de Mello, nas proximidades da Escola Agnos Dei, no bairro Prefeito Toninho Lins de Souza, no município de Rio Largo, em virtude do grande número de acidentes lá registrados.

A solicitação foi parabenizada pelo deputado Isnaldo Bulhões (PDT). “Esta reivindicação é de extrema importância, bem como a de uma passarela. Também temos conhecimento de que mais de vinte e cinco lombadas, já licitadas, serão instaladas em rodovias federais de nosso Estado”, revelou o deputado, acrescentando também ter apresentado requerimento para que o Departamento de Estradas e Rodagem providencie o mesmo equipamento para trecho de rodovia que corta o município de Dois Riachos.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *