Dudu homenageia ex-comandante da Polícia Militar de Alagoas

O deputado estadual Dudu Hollanda (PSD) parabenizou a aprovação, por unanimidade de votos, de projeto de resolução por meio do qual a Assembleia Legislativa de Alagoas vai entregar ao coronel Marcus Aurélio Pinheiro, ex-comandante da Polícia Militar, a maior honraria do Poder Legislativo: a comenda Tavares Bastos. A proposição é do colega deputado Marcelo Victor (PROS) e, na oportunidade, Dudu recordou os avanços que o oficial conseguiu garantir à corporação no período em que esteve à frente do comando geral.

“O governo Teotonio Vilela teve vários comandantes, a exemplo dos coronéis Dário César e Luciano Silva. E em determinado momento, a tropa se viu desunida, com a formação, inclusive, de dois ou três grupos divergentes. Contudo, quando o coronel Marcus Vinícius assumiu o comando, viu-se os efeitos de sua liderança, fazendo com que a tropa se sentisse mais uma vez valorizada”, afirmou Dudu Hollanda, antes de emitir seu voto favorável à homenagem.

“Outro comandante [coronel Marcus Vinícius] foi nomeado para a conclusão do governo Téo, mas foi na gestão do coronel Marcus Pinheiro que a tropa voltou a se unir, com este oficial destravando as promoções que se acumulavam”, emendou o parlamentar, sobre o coronel que, hoje, coordena unidade de policiamento em Arapiraca, no Agreste alagoano.

Marcus Pinheiro deixou oficialmente a condição de comandante-geral da PM em 17 de outubro, em solenidade no Palácio República dos Palmares. Na ocasião, garantiu ter priorizado o diálogo, fazendo uso das redes sociais, com os poderes e sociedade em geral, ‘resgatando a autoestima do militar com uma gestão participativa’.

À época, o oficial chegou a afirmar, em entrevista coletiva à imprensa, que sua exoneração teria cunho meramente político, depois de o militar promover mudanças com o objetivo de oxigenar o combate à criminalidade na capital e interior, travando ‘batalha’, inclusive, com o Conselho Estadual de Segurança Pública (Conseg) – órgão colegiado que questionou atos de promoção autorizados pelo então comandante.

Foto: Aqui Acontece

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *