Deputado parabeniza ações do governo federal em Alagoas

O deputado estadual Dudu Hollanda (PSD), durante a sessão plenária da tarde dessa quarta-feira (22) da Assembleia Legislativa de Alagoas, voltou a destacar a importância dos investimentos que a governo federal têm viabilizado para melhorar a qualidade de vida da população alagoana, com a presidenta Dima Rousseff (PT) agindo sem qualquer partidarismo, já que o governador Teotonio Vilela Filho é do PSDB. Na oportunidade, Dudu parabenizou a entrega de máquinas agrícolas em 67 municípios alagoanos, além da assinatura para ordem de serviço de duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) na capital, ressaltando, porém, a necessidade de Maceió ainda carecer de alternativas ao trânsito, sobretudo nos horários de pico.

Inicialmente, Dudu Hollanda aparteou o colega Judson Cabral (PT), que discursava sobre o alcance do Bolsa Família, lembrando episódio em que beneficiários em toda a região Nordeste correram às agências da Caixa Econômica, no último final de semana, devido a boato dando conta de que o programa de transferência de renda seria extinto. O deputado parabenizou a iniciativa do petista, lembrando que 16 milhões de brasileiros em situação de pobreza são assistidos com o complemento à renda familiar.

O também 4º secretário da Mesa Diretora também destacou a entrega, no último dia 16, de 83 máquinas agrícolas, por meio do Ministério do Desenvolvimento Agrário, em Arapiraca. “Trata-se de um investimento de vinte milhões de reais que vai beneficiar 67 municípios com até 50 mil habitantes, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC 2”, destacou o parlamentar, lembrando a solenidade contou com a presença de autoridades como o senador Fernando Collor e a prefeita de Arapiraca, Célia Rocha.

“Estas máquinas vão fomentar a produção agrícola, viabilizando o sustento de inúmeras famílias alagoanas. É mais uma prova de que o governo federal, desde a gestão do ex-presidente Lula, segue a investir em nosso Estado”, emendou o deputado estadual, recordando também que a Câmara Federal aprovou, nessa quarta-feira, projeto de lei que versa sobre a licitação dos aeródromos que serão construídos em Arapiraca e Maragogi.

“Alagoas receberá mais de 126 milhões de reais, com os recursos já alocados no Orçamento da União. A matéria agora passará pelo Senado, a fim de que as empresas interessadas possam iniciar obras tão importantes para o desenvolvimento das regiões Norte e Agreste, desenvolvendo economia e turismo locais”, avaliou Dudu Hollanda, que também cobrou atenção do governo estadual, para que viabilize sua contrapartida em tempo hábil.

Saúde e Assistência Social

Já da tribuna da Casa de Tavares Bastos, o deputado também parabenizou o prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PP), que, nessa quarta-feira, assinou, juntamente com o governador Teotonio Vilela, a ordem de serviço para construção de duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) na capital alagoana, desafogando a procura por atendimento médico no Hospital Geral do Estado (HGE), já que também receberá casos de urgência e emergência.

“Parabenizo o prefeito pela dedicação. Ele esteve duas vezes no Ministério da Saúde, em Brasília, em busca de recursos. As unidades serão muito importantes para a população de Maceió. Porém, é preciso que os gestores das demais UPAs ainda paradas corram contra o tempo”, alertou Dudu, reportando-se às unidades, cuja operacionalização cabe aos municípios, instaladas em Palmeiras dos Índios, Penedo e Marechal Deodoro, mas que ainda não servem à população.

Ainda com a palavra, Dudu também destacou a reinauguração do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Dr. Everaldo Moreira, no bairro do Farol. “Será o primeiro CAPS 24 horas de Maceió, atendendo cerca de 80 pessoas diariamente”, afirmou o deputado, destacando a presença à solenidade do secretário de atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Helvécio Magalhães. “Porém, a responsabilidade do atual prefeito é muito grande porque, apesar de o ex-prefeito Cícero Almeida ter feito um grande trabalho, Maceió ainda precisa avançar ainda mais”, analisou.

Trânsito em Maceió

E também nessa quarta-feira, o deputado Dudu Hollanda voltou a externar sua preocupação para com a necessidade de se buscar alternativas ao trânsito na capital, com registro de congestionamento em vários trechos, sobretudo nos horários de pico. Na ocasião, ele citou obras importantes iniciadas na estão do ex-prefeito Cícero Almeida, a exemplo da Avenida Márcio Canuto, no Barro Duro, além da Eco Via Norte, idealizada ainda na gestão da então prefeita Kátia Born e que vai ligar o Benedito Bentes à Guaxuma, já na parte baixa da cidade.

“Para esta obra, o deputado federal Maurício Quintella (PR) viabilizou 18 milhões de reais. O dinheiro está na Caixa e há entraves que inviabilizam a conclusão do serviço”, comentou o parlamentar, afirmando acreditar o empecilho envolva a contrapartida do município.

“Estas duas obras vão ajudar no escoamento do trânsito na nossa cidade. Afinal, trafegar em determinados bairros se tornou algo muito difícil. O novo Plano Diretor de Maceió, que também aborda o tema, começou a ser discutido. Fui o relator do último plano, há oito anos. Hoje, por iniciativa da Câmara de Maceió, através de seu presidente, o vereador Francisco Holanda Filho, a sociedade tem nova oportunidade de propor alternativas ao problema, já que a capital precisa de uma ampla revisão para se melhor planejar os próximos anos”, refletiu.

Ainda com a palavra, Dudu Hollanda destacou que uma das poucas opções é a região Norte. “Tais investimentos também levarão desenvolvimento àquela localidade. Outras vias podem surgir nas faixas de cana da Via Expressa e no Loteamento Terra de Antares, por exemplo”, complementou o parlamentar, que citou a dificuldade enfrentada por quem reside no Benedito Bentes, ‘que já supera a segunda Arapiraca, a maior cidade de Alagoas, em número de habitantes’.

Hoje estive no Benedito Bentes. Maior do que a segunda maior cidade de alagoas. Intransitável. “São muitas habitações, além de edifícios sendo construídos, sem o ideal planejamento para o trânsito. A estrada da Flamenguinha, que vai ligar a Avenida Cachoeira do Meirim ao município de São Luiz do Quitunde, é outra opção. Não existe outra forma a não ser abrir vias naquela localidade”, emendou o deputado estadual, que recordou também projeto de autoria do senador Fernando Collor (PTB) que versa sobre a construção de ponte para ligar o bairro Santa Amélia, na parte alta da cidade, ao Vergel do Lago, na orla lagunar, em obra semelhante a da ponte Rio-Niterói.

“Portanto, o prefeito Rui Palmeira deve continuar trabalhando nesse sentido, em busca de recursos para que possamos melhorar a qualidade de vida da população maceioense”, concluiu.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *