Deputado acompanha sessão sobre reconstrução de casas

O deputado estadual Eduardo Holanda (PMN) participou, na manhã desta terça-feira (22), de sessão pública realizada no plenário da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE), com o objetivo de se debater as ações do programa de reconstrução, pelo governo estadual, das casas destruídas pelas enchentes de junho de 2010 e que devastaram 19 municípios, deixando milhares de desabrigados nas regiões cortadas pelos rios Mundaú e Paraíba.

Na oportunidade, Dudu acompanhou explanação dos secretários de Estado da Infraestrutura, Marco Fireman, e do Desenvolvimento Econômico, Luiz Otávio Gomes.

Aos deputados presentes, eles afirmaram que as obras estão seguindo o cronograma previsto, já que as empresas – contratadas sem licitação devido ao caráter emergencial do programa, apesar de todas terem recebido o aval da Caixa Econômica – têm até 12 meses para entregar as 17 moradias populares.

De acordo com o Governo, os municípios onde as obras se encontram mais avançadas são Rio Largo e Quebrangulo. O secretário Marco Fireman destacou ainda a dificuldade encontrada pelo Executivo quanto à busca por mão de obra qualificada em Alagoas, devido à grande demanda da construção civil no Estado. Cada casa terá pouco mais de 40 metros quadrados, e o cidadão contemplado terá de pagar uma parcela mensal equivalente a R$ 50,00, como estabelecido por convênio firmado com o programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, do governo federal.

Quando questionado pelos deputados presentes, o secretário Luiz Otávio esclareceu que o Governo decidira construir galpões como forma de se evitar que as famílias permaneçam, durante o dia, nos barracos montados em cidades como Murici. A medida foi uma resposta à reclamação por parte dos desabrigados, dando conta do forte calor no interior das moradias provisórias.

“Todos também estão recebendo acompanhamento por parte de nutricionistas, assistentes sociais e psicólogos”, assegurou o secretário de Desenvolvimento Econômico, acrescentando que o programa de reconstrução também contempla a recuperação de pontes, estradas vicinais e dos sistemas de esgotamento sanitário nos municípios castigados – eles também terão escolas e postos de saúde reerguidos.

A sessão especial foi requerida pelo deputado João Henrique Caldas (PTN), presidente de comissão instituída na Assembleia com o exclusivo intuito de fiscalizar o andamento das obras no interior do Estado. O deputado Dudu Holanda afirmou ter se satisfeito com as explicações, destacando a importância das obras, ‘no sentido de se resgatar a autoestima de um povo que viu tudo ser levado pela força das águas’.

Também participaram da referida sessão o diretor-presidente do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Marcos Vital, e o superintendente da Caixa Econômica Federal em Alagoas, Gilberto Occhi, além de prefeitos de cidades quase que completamente destruídas pela cheia dos rios.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *