Deputado prestigia vaquejada e cavalgadas na capital e interior de AL

O deputado estadual Dudu Hollanda (PSD) prestigiou, nesse final de semana, duas cavalgadas e uma vaquejada realizadas na capital e interior do estado. Os eventos aconteceram em Fernão Velho, em Maceió, e nos municípios de Satuba e União dos Palmares.

Defensor inconteste da vaquejada, Dudu montou em seu cavalo no Parque Recuperação para a 8ª etapa do Circuito ALQM (confira o vídeo abaixo). Na oportunidade, ele parabenizou os organizadores da festa e destacou seu empenho no sentido de preservar o esporte que sustenta milhares de famílias em todo o Nordeste.

“Imagine vocês o prejuízo que teríamos se a vaquejada fosse proibida”, afirmou o parlamentar, lembrando os projetos de lei de sua autoria – a exemplo do que tornou a vaquejada Patrimônio Cultural e Imaterial de Alagoas – e a aprovação da denominada PEC da Vaquejada, que regulamentou a atividade em todo o país.

Na Assembleia

Já na sessão ordinária do último dia 13 de novembro da Assembleia Legislativa de Alagoas, Dudu pediu a palavra, em aparte a pronunciamento do colega deputado Gilvan Barros Filho, para defender os policiais civis que participaram da operação “Cavalo de Tróia”, deflagrada no Sertão alagoano, onde 11 suspeitos de praticarem assaltos a bancos em vários estados do Nordeste morreram durante troca de tiros.

“Temos de reconhecer o trabalho desses bravos policiais alagoanos, que enfrentaram uma quadrilha perigosa e que agia em todo o Norte e Nordeste”, comentou Hollanda.

A Delegacia Geral da Polícia Civil de Alagoas nomeou uma comissão de delegados para investigar as circunstâncias da operação em Santana do Ipanema. A Comissão de Direiros Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AL), por sua vez, também acompanha o caso.

About the author