Dudu Holanda consegue aprovar melhorias para o Ouro Preto

O presidente da Câmara Municipal de Maceió, vereador Eduardo Holanda (PMN), viu os colegas de plenário, em sessão ordinária realizada na manhã da última terça-feira (09), aprovarem, por unanimidade, requerimento por meio do qual o futuro deputado solicitou melhorias para a comunidade do Ouro Preto, na parte alta de Maceió, de modo que a Rua Pierre Marques Barbosa, assim como a travessa de mesmo nome, sejam pavimentadas e drenadas – evitando-se assim os costumeiros problemas de inverno.

Na mesma sessão, a Câmara de Maceió também aprovou por unanimidade a concessão da comenda ‘Gerônimo Ciqueira’ à professora e mãe de família, respectivamente, cujas ações ganharam destaque devido ao profissionalismo e dedicação de ambas no que diz respeito à arte de lecionar e de educar um filho, nesta ordem: Emília Xavier de Moraes e Nazaré dos Santos. Ambas as iniciativas foram, mais uma vez, do vereador Eduardo Holanda.

Ainda na terça-feira, novamente questionado pelos jornalistas que acompanhavam a sessão, o presidente Eduardo Holanda também voltou a assegurar que a concessão de reajuste (20%) aos servidores efetivos da Casa somente será possível no próximo ano. “O aumento precisa estar vinculado à previsão orçamentária aprovada no exercício anterior, no caso, este ano”, comentou o vereador, que recebeu o apoio da categoria – que cobrou uma solução ao impasse junto ao prefeito de Maceió, Cícero Almeida (PP) – reforçou o alerta ao próximo gestor da Câmara, eleito para o biênio 2011-2012.

“Não é brincadeira. Já disse e repito que o futuro presidente desta Casa, o vereador Galba Novaes (PRB), enfrentará o mesmo problema no próximo ano caso nós vereadores não consigamos ao menos quarenta e um milhões a mais para a próxima legislatura”, emendou o presidente do Legislativo Municipal, cujo duodécimo, de R$ 35,7 milhões, ‘não tem sido suficiente para cobrir as despesas’.

“A Prefeitura havia prometido revisar esta situação em maio passado, o que não ocorreu. Mas o prefeito Cícero Almeida tem agido com a melhor das intenções. No entanto, reforço que, se não houver reajuste, o futuro presidente não terá como fechar as contas em 2011. O vereador Galba vivenciará a mesma situação. A minha história será a dele”, complementou Holanda, acrescentado já ter realizado várias reuniões com os colegas vereadores no sentido de esclarecer a real situação financeira da Casa.

“Nós cumprimos todas as recomendações do Ministério Público Estadual quanto à extinção de cargos comissionados e entregamos balancete a órgãos como o Tribunal de Contas. Não temos nada a esconder”, assegurou o presidente da Câmara.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *