Deputado Dudu Hollanda reforça convite para ingresso no PSD

O deputado estadual Dudu Hollanda (PMN) segue trabalhando forte pela construção do Partido Social Democrático (PSD) em Alagoas. Em recente entrevista à Rádio Jornal, o também quarto secretário da Mesa Diretora na Assembleia Legislativa reforçou o convite – extensivo a toda a classe política, detentora ou não de mandato eletivo – para ingresso no partido que já nasce forte em todo o país, figurando como a quarta maior sigla partidária na Câmara Federal.

[audio: 120711dudu_psd_tim.mp3]

Na oportunidade, o deputado lembrou que o prazo para filiação finda no próximo dia 30 de julho. No último dia 29, uma reunião em Brasília, entre os principais líderes do partido, teve como objetivo definir os últimos detalhes acerca do processo de criação da legenda que já possui 50 deputados federais, cinco governadores, um governador, além de inúmeros prefeitos e deputados estaduais, alcançando os 27 estados de Federação.

“O partido também é formado por expoentes da política nacional, como o seu fundador, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, além do senador Sérgio Petecão (AC), que confirmou a vinda da senadora Kátia Abreu (TO)”, revelou Dudu, frisando que, logo em breve, todos os filiados estarão aptos à disputa eleitoral que se avizinha.

“Garanto aos nossos correligionários em todo o Estado que tudo transcorre na mais absoluta tranquilidade. E ainda teremos agosto e setembro para filiar possíveis candidatos a vice, prefeito e vereador, para as eleições de outubro do próximo ano”, afirmou o deputado estadual, reforçando que ‘o momento é agora’.

“Todos que estejam de alguma forma insatisfeitos com suas siglas partidárias devem migrar para o PSD, que continua de portas abertas”, emendou Dudu Hollanda, acrescentando que o partido já superou a marca de 1,6 milhão de assinaturas. “Insisto que estamos a falar de uma legenda que nasce muito forte, também formado em Alagoas pelo deputado federal João Lyra e pelo prefeito de Maceió, Cícero Almeida”, salientou, informando ainda já ter assinado inúmeros diretórios no interior do Estado, incumbido da missão de divulgar o PSD em Alagoas.

Na mesma entrevista, Dudu destacou que questionamento formulado à Justiça pelo PPS acabou, na verdade, favorecendo o Partido Social Democrático. “O Supremo Tribunal Federal decidiu pela legalidade do nosso partido. Isso deixou todos nós muito confortáveis. Ou seja, esta consulta jurídica, que seria para prejudicar, acabou nos ajudando”, explicou o deputado.

Já com relação ao convite feito aos colegas deputados estaduais, Dudu Hollanda esclarece que, até o momento, Ricardo Nezinho, do PTdoB, foi o único a manifestar interesse.  “Ele está avaliando a possibilidade de migrar para o PSD, que surge como a única oportunidade àqueles que se sentem incomodados em determinada legenda”, complementou o deputado, descartando qualquer risco de os filiados virem a ser questionados no tocante à fidelidade partidária.

CPI da TIM

O deputado Dudu Hollanda também foi indagado pelo jornalista Marcos Rodrigues acerca da investigação desencadeada pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) criada com o objetivo de apurar denúncias contra a ‘qualidade’ do serviço prestado pela operadora de telefonia TIM em Alagoas. Ele lembrou que os integrantes da CPI, presidida pelo deputado Ricardo Nezinho, já ouviu consumidores e representantes de órgãos diretamente ligadas ao tema, como a Ordem dos Advogados do Brasil em Arapiraca – onde surgiram as primeiras críticas –, e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

“Não basta apenas vender linhas e chips. A TIM precisa garantir um melhor serviço para todos nós consumidores, para que a operadora possa se adequar à realidade atual. Eu sou um cliente TIM e visito as cidades do interior, onde observo que muitas ainda não possuem o sinal. Em Maceió, foram ao menos cinco vezes em que registramos noites de pane. A empresa tem o maior número de consumidores porque é a pioneira. Pagamos caro e, por isso, precisamos cobrar uma melhor cobertura. Então queremos saber o que está ocorrendo”, comentou.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *