Dudu reforça importância de emancipação do Benedito Bentes

O deputado estadual Dudu Hollanda (PSD), durante a sessão plenária da tarde dessa terça-feira (28) na Assembleia Legislativa de Alagoas, voltou a utilizar a tribuna da Casa de Tavares Bastos para destacar projeto de lei que versa sobre a emancipação do Benedito Bentes, o mais populoso bairro de Maceió. A iniciativa, segundo Dudu, é economicamente viável, em virtude do crescimento populacional do complexo que já abriga mais de 150 mil habitantes.

“Tenho trabalhado, desde quando vereador por Maceió, mandato que exerci durante quinze anos, para que o Benedito Bentes venha a se desenvolver ainda mais. O meu irmão Antônio Hollanda Júnior [ex-deputado estadual] apresentou projeto quando esteve nesta Casa para, a meu pedido, emancipar politicamente aquele complexo”, explicou o deputado.

Na oportunidade, Dudu também destacou a presença, no plenário da Assembleia, do ex-governador Divaldo Suruagy, referindo-se ao também economista como o político ‘que mais fez por Alagoas’. “Aquela comunidade tem potencial para continuar a crescer, já apresentando condições de garantir o status de município, sem que Maceió saia prejudicada. Com a emancipação, garantiríamos ainda mais melhorias para o Benedito Bentes”, emendou Dudu Hollanda.

Ainda com a palavra, o também 4º secretário da Mesa Diretora destacou a possibilidade de o bairro vir a se tornar o segundo maior município do Estado, ultrapassando Arapiraca não apenas em contingente populacional.

“Faço este apelo porque aquela população precisa, por exemplo, de mais segurança, muito embora o Benedito Bentes já disponha, inclusive, de fábricas como a da Coca Cola, além de um shopping center. O comércio na região cresce vertiginosamente, motivo pelo qual os moradores não mais precisam deixar a região em busca de serviços considerados essenciais”, avaliou.

Em maio de 2011, também durante sessão plenária, Dudu Hollanda cobrou a instalação de agências da Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, de modo a garantir mais comodidade a quem reside na região. “Vamos continuar trabalhando pelo bairro com quase trinta anos de existência e hoje formado por vários conjuntos habitacionais, como Selma Bandeira, Frei Damião e Carminha”.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *