Eduardo Holanda debate melhorias à Praça Deodoro

O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) articula para o início da próxima semana uma reunião com instituições públicas sediadas na praça Marechal Deodoro, Centro de Maceió, com o objetivo de buscar soluções para os problemas sociais verificados na localidade. A praça vem sendo indevidamente habitada por grupos de usuários de substância tóxica (cola) e ocupada de forma desorganizada por ambulantes.

O desembargador Alcides Gusmão da Silva foi designado pela presidente da Corte estadual, desembargadora Elisabeth Carvalho Nascimento, para buscar o apoio das entidades interessadas. A ideia é proporcionar tranquilidade e segurança às pessoas que circulam no local, para uma melhor utilização do espaço público.

Nesta quarta-feira, Gusmão se reuniu com o presidente da Câmara Municipal de Maceió, vereador Eduardo Holanda (PMN), e com o diretor do Teatro Deodoro, Juarez Gomes de Barros, que manifestaram apoio à proposta. O desembargador manteve contato com os presidentes da Academia Alagoana de Letras, Milton Ênio, e da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Maceió, Wilson Barreto, que também aderiram à iniciativa.

“Todos se mostraram preocupados e sensíveis ao problema. Esperamos encontrar soluções rápidas e eficazes à melhor utilização deste espaço”, declarou o desembargador.

De acordo com o magistrado, o objetivo é sensibilizar o poder público estadual e municipal, por meio dos órgãos de assistência social, segurança pública e convívio urbano, para a adoção de medidas concretas no sentido de sanar os problemas que comprometem a visitação pelo transeunte.

 – Com assessoria do Tribunal de Justiça de Alagoas

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *