Holanda é o principal entrevistado do Bom Dia Alagoas, da TV Gazeta

O presidente da Câmara de Vereadores de Maceió, vereador Eduardo Holanda (PMN), foi um dos entrevistados da edição desta terça-feira, 23, do Bom Dia Alagoas, da TV Gazeta. Na ocasião, Holanda falou sobre a reforma do prédio-sede do Legislativo Municipal – reinaugurado em solenidade realizada na tarde dessa segunda, 21 – e discorreu também acerca da redução do número de cargos comissionados à disposição da Mesa Diretora, atendendo assim à recomendação do Ministério Público do Trabalho.

À reportagem, Holanda explicou que, dos 731 cargos comissionados existentes até o início de sua gestão, os atuais 532 cargos são fruto da reforma administrativa processada pelo atual presidente, numa redução geral de 199 cargos. “Tínhamos 437 cargos à disposição da Mesa. Hoje, eles são apenas 175, numa redução de 262 cargos em comissão”, esclareceu o vereador.

Sobre a reforma, Holanda lembrou que o prédio-sede foi construído ainda em 1966, quando o Legislativo Municipal era representado por apenas 12 vereadores, número bem inferior aos atuais 21. “Modernizamos a Casa, agora acessível ao portador de deficiência física. Contudo, reconhecemos que o espaço ficou pequeno. Temos salas alugadas na Rua Pedro Monteiro, também no Centro de Maceió e que abrigam algumas diretorias da Casa. Por isso, estamos conversando com o prefeito Cícero Almeida (PP), no sentido de que o Executivo possa assumir a construção de uma nova sede, em virtude de nosso reduzido duodécimo”, avaliou.

Ainda à TV Gazeta, o vereador explicou que a antecipação da eleição à Mesa Diretora para o biênio 2011-2012, questionada pela Justiça, ainda é algo a ser discutido entre os parlamentares. “Mas estamos evoluindo. Pagamos quase oitocentos mil reais, no ano passado, correspondente a impostos pendentes, além do que devolvemos um milhão e meio de reais ao Executivo, relativo ao duodécimo da Casa”, emendou o presidente, afirmando acreditar em um ano promissor.

“Vamos continuar trabalhando para aprovar os projetos de interesse da sociedade”.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *