Prefeito de Maceió se emociona ‘nos braços’ de Dudu Holanda

 

Holanda recebe cumprimento do prefeito (Foto: Bruno Soriano)

O prefeito de Maceió, Cícero Almeida (PP), emocionou-se, durante solenidade que marcou a primeira sessão do ano na Câmara de Vereadores de Maceió – cujos trabalhos estão sendo realizados, provisoriamente, no auditório da Casa da Indústria, no bairro do Farol -, na manhã desta terça-feira. Na ocasião, o prefeito recebeu das mãos do presidente da Câmara, vereador Dudu Holanda (PMN), um relatório dos 46 dias de trabalho na nova Mesa Diretora. 

“Estou sendo atacado pela imprensa todos os dias. Tenho apenas um segundo grau, mas continuo sendo um aluno que vive a cultivar amigos. Hoje, fiz ver aos novos vereadores que a democracia é o lema de nossa gestão. Não haverá nenhum impasse à governabilidade. E quero ser fiscalizado sempre”, afirmou o prefeito. 

Já com relação ao impasse envolvendo a disputa pela Mesa – Almeida chegou a declarar que não mais poderia se referir a Dudu como um amigo -, o prefeito garantiu: ‘Isso é passado. Minha única disputa ocorreu em outubro do ano passado, quando me candidatei à reeleição. E fiz minha quinta campanha sem agredir ninguém. Ele [Dudu] se articulou melhor e foi mais feliz’. 

Almeida também desmentiu informação de que já teria o apoio de 19 vereadores na Câmara. “Acredito que temos mais de 11, o suficiente para aprovarmos projetos de interesse do Executivo e da sociedade”, resumiu o prefeito, que desconversou quando questionado sobre nova perícia da Polícia Federal nos computadores de Nery Almeida (PP), vereador indiciado por compra de votos. 

“O Nery é um homem independente e responsável. Ele sabe o que fez e o que faz. Talvez essa perseguição seja pelo fato de ele ser primo do prefeito. Mas vocês poderão se surpreender com o que está por trás disso”, avisou Almeida, sem ‘dar nome aos bois’. 

Ao deixar o auditório, Almeida revelou ainda que o líder do Governo na Câmara será o vereador Galba Novaes (PRB), enquanto que o líder de seu partido, o vereador Oscar de Melo (PP). 

Gazetaweb – reportagem de Bruno Soriano

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *