Projetos de Dudu Holanda são destaque na imprensa alagoana

Os projetos do deputado eleito Dudu Holanda já começam a repercutir na imprensa alagoana. O portal de notícias Primeira Edição veiculou matéria em sua página principal descrevendo as propostas do ex-vereador por Maceió, eleito em três de outubro com 25.171 votos, evidenciando a que versa sobre a possibilidade de emancipação política do complexo habitacional Benedito Bentes, em Maceió.

“A primeira coisa que vou fazer quando chegar à Assembléia Legislativa é localizar este projeto. Em seguida, se necessário, farei algumas modificações, para apresentá-lo posteriormente”, afirmou o deputado, em entrevista a repórter Thayanne Magalhães, do citado veículo de comunicação.

Segundo Holanda, o complexo, caso seja emancipado, será o terceiro maior município do Estado. “O Benedito pode ser comparado a Jaboatão dos Guararapes, vizinho à capital Recife, a Lauro de Freitas, que rodeia Salvador, além de a Duque de Caxias, vizinho ao Rio de Janeiro, entre outras, como o ABC Paulista. Em Alagoas só perderia em tamanho para Maceió e Arapiraca”, avaliou o deputado, reportando-se aos critérios com os quais o Benedito Bentes pode conseguir a emancipação.

“O complexo tem possibilidades de sobrevivência. Tem uma economia própria, com um comércio independente. A única usina de açúcar de Maceió, por exemplo, está no Benedito Bentes, que também dispõe de um shopping dentro do seu território, além de uma extensão do Tribunal de Justiça, postos de combustíveis, escolas, mini pronto-socorro. Passando à condição de município, o complexo residencial terá condições de se modificar, aperfeiçoando os serviços que hoje são ofertados e, com isso, melhorando a vida das pessoas”, complementou Dudu Holanda.

O deputado também foi notícia no portal Gazetaweb (abaixo), em que também falou sobre a proposta de emancipação de outra comunidade, o distrito de Luziápolis, em Campo Alegre, Agreste alagoano, assim como acerca de outras ideias para o desenvolvimento econômico e social de Alagoas.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *