Câmara ganha nova cara na gestão do presidente Holanda

Câmara ganha nova fachada

A Casa Mário Guimarães já começa a ganhar uma nova cara. Isso porque a sede oficial da Câmara de Vereadores de Maceió está em fase final de uma grande reforma iniciada na gestão do presidente do Legislativo Municipal, o vereador Eduardo Holanda (PMN), com o objetivo de proporcionar aos servidores e parlamentares um ambiente mais aprazível, em que todos se sintam mais à vontade em desempenhar suas funções, ou mesmo em acompanhar, no caso do público em geral, as sessões plenárias.

A obra, custeada em R$ 300 mil – valor oriundo de contrato firmado com o Banco do Brasil –, promete tornar as instalações do prédio mais acolhedoras, elevando assim a auto-estima de quem lá trabalha pela melhoria da qualidade de vida do povo maceioense. Entre as novidades, a instalação de um elevador adaptado a portadores de necessidades físicas especiais, a construção de banheiros igualmente adaptados, a troca de aparelhos de ar condicionado e a adoção de moderno projeto paisagístico.

Além de otimizar os espaços da Casa, o projeto  arquitetônico também permitirá que a TV Câmara desenvolva seu trabalho sem qualquer obstáculo, diferentemente do que vinha ocorrendo quando as sessões eram realizadas no auditório da Faculdade Integrada Tiradentes (Fits), no bairro Cruz das Almas. Com novos sistemas de som e iluminação, tanto interna, quando externa, o telespectador voltará a acompanhar, ao vivo, as discussões em torno do desenvolvimento da nossa capital.

A previsão de entrega do prédio é o próximo dia 23 de fevereiro, uma terça-feira, data em que os legisladores retomarão suas atividades, encerrado o recesso parlamentar. Na ocasião, de acordo com a 1ª secretária da Mesa Diretora, vereadora Silvânia Barbosa (PTdoB), haverá uma solenidade, em paralelo à primeira sessão do ano, em que também estarão presentes representantes do Banco do Brasil.

Plenário terá novas cortinas

Projeto

Segundo a designer de interiores e responsável pelas obras de reforma, Andréa Carvalho, o projeto teve como principal intuito eliminar o aspecto ‘sujo’ que permeava as instalações da Câmara.

“Propusemos uma nova fachada, de modo que o cidadão que passe em frente à sede possa visualizar parte do prédio do lado de fora, não mais se deparando com um velho portão de ferro, agora substituído por um vazado, de alumínio. Pintamos tudo, colocamos cortinas para brecar a entrada de iluminação natural e adaptamos as calçadas e a estrutura interna do prédio às limitações dos cadeirantes, a fim de que todos, sem exceção, possam adentrar na Câmara. Afinal, devemos sempre pensar que, eventualmente, poderíamos nos encontrar em situação semelhante a do portador de deficiência”, avalia Andréa.

Projeto paisagístico embelezará entrada do prédio

Ela reforça que as rampas de acesso à sede possuem a inclinação recomendada, para que o cadeirante possa se deslocar sem precisar de ajuda para transpassá-la.

“O paisagismo também será algo muito importante, pois, com ele conseguiremos retirar a imagem desgastada de repartição pública. Logo na entrada, teremos um toldo que impedirá a passagem da água da chuva, além dos jardins laterais e de um grande painel, no primeiro andar, com uma linda foto de Maceió”, emendou a designer, destacando ainda a aquisição de modernos aparelhos de ar condicionado.

“Com esta e outra medidas, como a troca de portas já desgastadas pelo tempo, também estaremos garantindo o bem-estar do servidor”, reforçou.

Andréa Carvalho cita ainda como avanços a reforma da copa e a instalação de armários que possam acomodar a vestimenta dos parlamentares, que, muitas vezes, precisam estender o ‘expediente’ para outros afazeres além da sessão plenária, permanecendo na Câmara por mais de um período do dia.

‘Um grande desafio’

Novos aparelhos de ar condicionado

Para a 1ª secretária, vereadora Silvânia Barbosa – que, assim como o presidente Dudu Hollanda, empenhou-se no projeto –, a reforma da Casa ‘é um grande desafio a ser vencido’.

“Conseguiremos provar à sociedade que o dinheiro, apesar de pouco, foi muito bem aplicado. Isso porque, além da acessibilidade, garantimos novos equipamentos, como a aquisição de computadores. Extinguiremos o aspecto de prédio antigo, melhorando as instalações da taquigrafia, por exemplo. Tenho certeza de que já retomaremos nossos trabalhos neste ‘novo’ prédio, para que comecemos o ano legislativo com o pé direito”, comentou a vereadora.

Painel com foto de Maceió ocupará o 1º andar

Silvânia Barbosa também lembra que a Câmara ‘fechou 2009’ com um balanço ‘mais que positivo’, honrando todos os seus compromissos com credores, inclusive com os de gestões passadas, anteriores ao do presidente Dudu Hollanda.

“Também regulamentamos os cargos comissionados, a pedido da Procuradoria Regional do Trabalho, honrando toda a nossa folha de pessoal e pagando em dia o 13º salário”, complementou a vereadora, na certeza de que a reestruturação do prédio-sede irá satisfazer a ampla maioria dos colegas parlamentares.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *